Buscar

Lidando com estresse em ambientes compactos

Espaços apertados podem ter um efeito psicológico estressante em nós. Uma sensação de confinamento que vai nos desgastando mentalmente sem nem mesmo percebermos as razões. Principalmente em apartamentos mais novos, é comum termos ambientes pequenos, sem muita liberdade para mudar a posição dos móveis.


Existe uma relação entre espaços cheios e vazios que nos trazem bem-estar, e mesmo em espaços compactos, é possível fazer um ambiente confortável e aconchegante.


Escolha móveis apropriados ao espaço

Se sua sala é pequena, pode não ser uma boa escolha aquele sofazão reclinável e retrátil. Há opções de sofás elegantes, com estrutura esbelta, que são bonitos e igualmente confortáveis. O mesmo vale para outros ambientes. Fique sempre de olho nas dimensões dos móveis e teste no local com uma fita crepe no chão para ter certeza de que vai ficar bom.

Se sua sala é pequena, qual parece ser a melhor opção?


Ter menos coisas


É uma dica que dou bastante. O primeiro passo de organizar sua casa é selecionar o que você realmente precisa dentro dela. Quem vive em espaços compactos deve ter ainda mais cuidado na hora de filtrar o que deve permanecer em sua casa.


O vazio te dá espaço para pensar e clarear sua mente, e as coisas que você não usa, podem ser úteis para alguém.



Valorizar o espaço próximo às janelas


Da janela você vê o resto do mundo. Se bem aproveitado, o espaço próximo à ela pode ser uma extensão do seu ambiente. Se você coloca muito volume perto da janela, acaba obstruindo este potencial. Uma rede, plantas, uma cadeira de leitura ou apenas deixando espaço para que você possa se encostar e apreciar o mundo lá fora, já te dá um respiro para melhorar seu estresse.


A saúde mental sofre muita influência dos espaços em que passamos nosso dia. Este é um dos temas que mais me interessa. Se também gosta, assine a newsletter carvão para mais dicas no rodapé desta página :)

57 visualizações